terça-feira, 17 de agosto de 2010

humpf...

A beira de um ataque de nervos. Tô cansada, estressada e meio deprê. Quase acreditando que sou bipolar. Porque as vezes me sinto profundamente bem e as vezes me sinto com o saco tão cheio de tudo que até os milésimos de segundo custam a passar. Vai saber o que passa, né? Talvez seja só uma infecção urinária escrota, ou os fios de cabelo branco e rugas que organizar uma passeata causa, ou a tensão com a recuperação da minha maninha que acabou de fazer uma cirurgia de correção de face, ou o caralho. Ou tudo isso junto e misturado mais uma paixonite que está durando além do que deveria e sendo menos correspondida do que merece. Sei lá. Férias com a família e caipirinha na beira da praia são a solução. Fui.

14 comentários:

Marta disse...

Oi Juliana,
ontem eu estava me sentindo um pouco parecida contigo. Ao chegar no apê após a entrevista contigo( fora querer editar muitas coisas da minha parte) eu também acionei meu blog para desabafar. Estava tão agitada e irritada que coloquei um título e fiquei olhando o espaço em branco para digitar, enfim, não o fiz. Entrava e saia do msn querendo conversar com alguém (além da pessoa querida que eu divido o apê)mas nada também. Ontem parecia O Dia. Mas, no meu caso muitas vezes eu sei o que acontece comigo e infelizmente não dá para ser revelado.
Tu não és Bipolar, não dê crédito a isto, é puro cansaço e carência de carinho e amor fora o que já tens que é da tua família, este é incondicional. Permita-me dar uma de conselheira sentimental mesmo de repente comentar algo errado do que eu já percebera de ti. És um sorriso permanente mas teus olhos mostram obviamente a ansiedade de colo, amor ( não apenas sexual) mas aquele que está ainda vazio por uma apaixonite que não foi resolvida ou melhor, não aceita e acabamos mergulhadas em acreditar que nesta volta resolveria a tua carência. Digo-te que não é bem assim, acredito na boa que deverias um pouco de querer agarrar e resolver as situações do mundo macro e micro. Seja um pouco egoísta, - já dizia uma professora de Inglês na minha infância, saia um pouco da rotina, pega um pouco mais de Sol, saia de carro numa tarde gostosa de domingo, vá na beira do Guaíba e só fique olhando para o horizonte deixando o que a natureza quizer fazer em teu corpo, face. Te veja realmente feliz e saiba que és uma pessoa muito amável e bacana das pessoas ficarem conversando contigo aoponto de quererem te dar o mais sincero colo.
Tu foste a minha incentivadora para acionar o meu blog. Muito obrigada.
Beijo, força e muito carinho.
Habiba

Um Rejeitado disse...

Paixonite não correspondida? Já leste meu blog? Te garanto que minha situação é pior que a tua. Força!

Abraços

mark disse...

ola gostaria de dizer q se perguntar quanto a bipolaridade ( caso seja serio)
eh algo bem complexo

eu sou bipolar e me trato a quase 4 anos e sei como eh em um mesmo dia estar dando murros em paredes e no momento seguinte estar chorando

heheheheh

pior q eh verdade

mas essa doença eh um pouco mais complicada do que parece ( porem nao eh o fim do mundo )

eu tenho um blog e ja falei um pouco sobre isso)

adorei seu livro e olha q ainda nem li todo

http://pedraspedregulhosepenhascos.blogspot.com

ai oi link do meu blog

Juliana Carvalho disse...

Brigada pela força, people. Mas, é a vida né? Fases e fezes, e uma carência do caralho. Vai passar, breve, breve.

Ana Célia disse...

E AÍ JUJUBA....
O NEGÓCIO É RELAXAR... BORA DEIXAR A VIDA ME LEVAR RSRS... VEM PRA SP, QUE TU VAI VER SE VAI FICAR NESSA CARÊNCIA,DEPRÊ VOU TE LEVAR NAS BALADAS PRA CONHECER UNS GURIS DE ARREBENTAR A BOCA DO DO BALÃO...RSRS
BJUS JÚ, ESTAMOS AÍ PRO QUE DER E VIER, SÓ GRITAR.

SE CUIDA

ANA

desabafo disse...

oi Juju...que bom que esta td normal com vc...saudades..bj...kkkk

André Luís disse...

Ju tenha só mais um pouquinho de paciência, tudo isto deve o prenuncio de uma grande vitoria. Bjos e força sempre!

Cris H. disse...

Juju querida, força na peruca... Tá em POA? Vamos combinar um bar do Dadá q tudo melhora! beijos

Anderson disse...

Olá Juliana,
Aproveitando o dia que a fábrica tá parada, pra tc. aqui. Gostaría de saber como vc. está e se sua irmã tá se recuparando bem. Beijos, e pegue leve na paixonite, pois vc. não precisa ficar se ajoelhando pra ninguém.
Anderson

Anderson disse...

Olá, Juliana!
Estou aproveitando que a fábrica tá parada para tc. um pouco aqui. Gostaría de saber como está a recuperação de sua irmã e se vc. está mais alegrinha. Beijos e no caso da paixonite, lembre-se que vc. não precisa ficar se ajoelhando pra ninguém. Tem amor de sobre pelo Brasil.
Anderson

Glauco Henrique disse...

nem sei como cheguei no seu blog....

MAS ADOREI!!!!
PARABÉNS, ME SURPRIENDEU!

BJS

Patricia H. Gassen & Rogério Lopes disse...

Nada que as férias possa lhe ajudar a se acalmar, sou deficiente físico e também fisioterapeuta.....e add seu blog...

Saudaçoes
Rogerio Lopes

Patricia H. Gassen & Rogério Lopes disse...

teria um email para contato?
me add drrogeriofisioterapeuta@hotmail.com

MIRIAN LEE disse...

Oi! Adorei seu blog!!!

Entra no meu blog que eu tenho uma diga boa pra aqueles dias que acordamos de "ovo virado", TPM e afins...

Beijos
M.Lee